sábado, 4 de junho de 2016

CLARO MÉRITO

UMA HOMENAGEM AO TRABALHO E À COMPETÊNCIA  
- na escalada de uma vida, o anúncio da vitória -
"Eu sou aquela mulher que fez a escalada da montanha da vida, removendo pedras e plantando flores." Cora Coralina  
O sorriso é sereno. Uma vida entre outras vidas a cuidar que todas tenham lugar. Passos seguros. Pensamento aberto no abraço ao justo; belas mãos apertam o nó das evidências. Segue com a certeza que permeia as almas grandes e singulares. O mundo se lhe abre em forma de concha do mar. Ondas de competência e sensibilidade humana deitam-se à praia dos méritos claros: sabe a que vem e o faz por ciência e deleite. Colo de mãe, berço da firmeza, lugar de serena equidade: assim faz-se Mariza, a mulher que conhece a vitória sobre os fatos olhando-os na frequência em que se manifestam. Desapercebidos, os fatos fizeram-lhe a corte. A indulgência tentou-lhe a sorte. A não sobriedade procurou por um lugar para atracar-se, afoita. Todos, por sua vez e conta, deram por terra: um sorriso calmo esconde a tenacidade forjada na estética da vontade. Mariza não espera a cortina fechar-se diante dos atos: a prontidão escuda-lhe com agudeza e determinação. No silêncio eloquente, vê e argui; sente e prepara-se, entende e segue. Assim faz o caminho estender-se por sobre as peripécias, surpreendentes peripécias que a vida engendra às margens do leito cotidiano. Imprevistos não lhe fazem cochichos, melindres de dúvidas não lhe cegam a razão. Segue, busca a exata visão do que a muitos não se mostra possível. Faz contar o modo e a prática da verdade simples: outra forma de dizer da humana certeza que define as grandes almas. No palco da história, a designação da Delegada Dra. Mariza Andrade para ocupar a Chefia Regional de Polícia Civil em Sete Lagoas é o aceno comprovado do mérito. Ela sabe o que faz! E faz o melhor para aqueles que lhe conferem a confiança e o desvelo. Para quem conhece a força blindada em doçura e beleza, a Delegada Dra. Mariza não antecipa louvores. Antes, absorve-os no silêncio da sábia ponderação. Para ela, cabe o que deixou escrito o político inglês, George Halifax: "O verdadeiro mérito é como os rios: quanto mais profundo, menos ruído faz." Com o sorriso tranquilo, a Delegada Chefe da Regional de Polícia Civil de Sete Lagoas não busca aplausos: ela trabalha em equipe e reverencia a comunidade que lhe devota apreço e grata admiração.
À Delegada Dra. Mariza Andrade, o reconhecimento pela caminhada entre muros de paciência e pontes de grande alcance.
" Há muros que só a paciência derruba...há pontes que só o caminho constrói." (Cora Coralina)
Ivane Laurete Perotti